Chuvas cancelam voos, derrubam árvores e fecham rodovia em SP

Foto: Reprodução Record TV

 

Corpo de Bombeiros recebeu 325 chamados para queda de árvores e 25 acionamentos para desabamento. Régis Bittencourt foi interditada

 

 

As pancadas de chuva que tiveram início na madrugada desta terça-feira (26) provocaram o cancelamento de 12 voos no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. No saguão do aeroporto, dezenas de passageiros esperavam para embarcar desde às 22h da segunda-feira (25).

 

Foram registrados cancelamentos em sete partidas e cinco chegadas no início da manhã desta terça. Nesse momento, segundo a Infraero, há quatro registros de cancelamento e 16 atrasos. Os passageiros chegaram a protestar contra o atraso e o cancelamento dos voos.

 

A chuva intensa na cidade também provocou a queda de árvores em muitas regiões. O Corpo de Bombeiros recebeu 325 chamados para quedas de árvores entre 18h da segunda-feira (25) até às 6h desta terça-feira (26). A corporação recebeu 25 acionamentos para desabamentos e outros cinco chamados para enchentes, no mesmo período.

 

As rodovias também registraram complicações em decorrência das chuvas. A Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, foi totalmente interditada, na manhã desta terça-feira, na altura do km 272,2, na cidade de Taboão da Serra, na Grande São Paulo. De acordo com a Arteris, o bloqueio era no sentido capital. A via, que chegou a ter 2,5 km de congestionamento, foi liberada cerca de 30 minutos depois do fechamento.

 

De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), toda a cidade está em estado de atenção para alagamentos. Desde às 06h05, as zonas norte, sul, leste, oeste, sudeste, centro e a marginal Tietê e Pinheiros estão em estado de atenção. Nas próximas horas, a previsão é de que as chuvas se espalhem para o restante da capital paulista. Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: