Contra a degola, Botafogo olha para 2009, mas sabe que precisa reagir

O centroavante Victor Simões fazia parte daquele time alvinegro de 2009 (Miguel Schincariol/Lancepress) – Foto: Lancei

Arrancada do Glorioso precisa iniciar neste domingo, contra o Corinthians. Há semelhanças entre as campanhas e os últimos sete jogos do Glorioso naquele ano e no corrente

 

 

Depois de um ano com eliminação precoce, título surpreendente, a temporada do Botafogo chega na reta final com a equipe em claro risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Faltam sete jogos e não é a primeira vez que o Glorioso tenta evitar a queda na competição, mas, desta vez, um olhar para nove anos atrás é, certamente, inspirador ao Fogão.

 

Na temporada 2009, o Glorioso também lutava contra a degola – de maneira até mais direta. Chegou para a 32ª rodada na 18ª posição, pior do que a condição atual. Mas a arrancada foi salvadora: com quatro jogos em casa para disputar e três fora, o Alvinegro venceu cinco vezes, sendo quatro em casa. Naquela ocasião, foram dois triunfos contra paulistas.Desta vez, na mesma 32ª rodada, a quantidade de jogos em casa e fora é igual, e também é a mesma quantidade de duelos contra equipes de São Paulo. O Corinthians é o adversário deste domingo. É a chance de encerrar a má fase mais recente e iniciar a fuga da Série B. Como aconteceu em 2009.

 

– Não podemos mais errar. É vencer ou vencer, no domingo. O Corinthians é perigoso, é o vice-campeão da Copa do Brasil e está em fase de recuperação de pontos no Brasileiro, depois da queda na Copa do Brasil. O campeonato se aproxima do final e esperamos um bom resultado – resumiu o técnico Zé Ricardo.

 

De fato, a arrancada precisa começar – e os ingressos estão com preço baixo para a torcida comparecer e, consequentemente, apoiar. Até porque, em 2009, o sucesso foi obtido, mas a duras penas e com vitória na última rodada. Ninguém no clube da Estrela Solitária deseja que o Glorioso precise postergar tanto o sofrimento.

 

Fonte: Portal Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: