Léo revela tentativa de contato dos colegas de time com Arrascaeta

Léo manteve um discurso mais conciliatório sobre o “caso” Arrascaeta
Bruno Faleiro/Cruzeiro

 

O zagueiro da Raposa disse que mesmo sem conseguir falar com o meia uruguaio, o clima será o mesmo caso ele retorne para o clube

 

Os jogadores do Cruzeiro estão adotando um tom mais ameno sobre a não apresentação do meia uruguaio Arrascaeta, que continua em litígio com a Raposa por conta de uma proposta recebida para o jogador se transferir para o Flamengo.

O grupo de atletas, que está em pré-temporada na Toca da Raposa, tentou fazer contato com Arrascaeta e conversar com o colega de time para rever sua posição na situação e achar uma solução que não gere mais desgaste para ele e o Cruzeiro.

 

  • Eu até tentei entrar em contato. Provavelmente outras pessoas tentaram também. Ele deve estar isolado, não obtivemos respostas. É uma situação que acaba gerando várias polêmicas e várias questões que a gente tem acompanhado por aí- disse o zagueiro Léo.

O defensor disse que Arrascaeta é muito querido pelos companheiros de time, além da sua importância dentro de campo e espera que tudo se resolva logo.

 

  • Ele é um jogador que a gente considera bastante, de muita qualidade, parceiro de todo mundo, tem um histórico muito bom. É um grande jogador e uma grande pessoa também. A gente espera que essas coisas se definam por esses dias para que a gente possa trilhar uma boa pré-temporada. Todos nós torcemos para que ele possa ficar aqui no Cruzeiro para nos ajudar e fazer os gols decisivos que ele sempre fez. É um cara que, com certeza, está pensando muito neste momento. A gente não sabe, mas todos nós torcemos para que ele possa definir o melhor para ele como jogador e como pessoa. Que o melhor dele seja com a gente- explicou o zagueiro.

 

Como Mano Menezes já havia dito, para Leo, o caminho para solucionar o caso é Arrascaeta voltar ao Cruzeiro e retomar suas atividades.

 

  • Eu sou da opinião de que devemos sempre seguir com nossas obrigações, com aquilo que temos que fazer no dia a dia e com o compromisso com o clube. É fazer tudo certinho, esse é meu pensamento. Não sei o que envolveu a cabeça dele ou a do empresário. Acredito que a melhor coisa que ele pudesse fazer era se reapresentar, treinar com a gente e cumprir seus compromissos, que assim, conforme as coisas iam se desenrolando, ele tomaria uma atitude. Mas a primeira coisa é cumprir os objetivos e as obrigações que ele tem com o clube, que é o contrato ao qual está vinculado- concluiu Léo.

 

A cada dia de falta do meia, o Cruzeiro vai aplicar uma multa de R$ 17 mil. Até agora, Arrascaeta perdeu R$ 85 mil pelos cinco dias fora da Toca da Raposa. Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: