Motoristas de São Paulo pagarão IPVA entre R$ 10,44 e R$ 159 mil

Mais de 17 milhões de veículos devem pagar IPVA – Foto: Reprodução/SPJ

 

Diferença no valor do imposto a ser recolhido em 2019 equivalem aos preços da motocicleta Brandy Hero Stream 50 e da Ferrari F12TDF

 

Os proprietários de veículos registrados no Estado de São Paulo vão desembolsar entre R$ 10,44 e R$ 159.298,64 para quitar o IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) de 2019. As informações são da Secretaria da Fazenda do Estado.

 

O imposto mais em conta (R$ 10,44) será recolhido por 59 donos da motocicleta modelo Brandy Hero Stream 50, fabricada no ano de 1999. O valor estimado do veículo é de R$ 522.

 

Já o imposto mais caro será desembolsado pelos dois proprietários de uma Ferrari modelo F12TDF. Produzidas em 2016, as máquinas custam R$ 3.982.466 e têm IPVA na casa dos R$ 159.298,64, valor suficiente para comprar três carros populares zero quilômetro.

 

O que acontece se eu não pagar o IPVA do meu carro?

 

A motocicleta mais cara, por sua vez, é uma Ducati modelo D16 RR, com cinco donos no Estado. Datada do ano de 2008, a moto custa R$ 143.687 e terá um IPVA no valor de R$ 2.873,74 no ano que vem.

 

Entre os automóveis, o mais barato será pago pelo motorista dono de um veículo de fabricação própria no valor de R$ 1.720. Ele pagará R$ 68,80 de IPVA em 2019.

 

Aos proprietários de caminhões, o valor do imposto a ser pago varia entre R$ 124,23 e R$ 9.839,51. Motoristas de ônibus e micro-ônibus terão que desembolsar de R$ 107,66 a R$ 13.714,84 para ficar em dia com a Justiça.

 

De acordo com a Secretaria da Fazenda, os donos de veículos movidos à gasolina e os bicombustíveis pagam um IPVA correspondente a 4% do valor venal do bem. Veículos que utilizam exclusivamente álcool, eletricidade ou gás, ainda que combinados entre si, têm alíquota de 3%.

 

Os dados apontam que a frota total de veículos no Estado de São Paulo é de aproximadamente 25,1 milhões, dos quais 17,4 milhões estão obrigados a pagar IPVA no ano que vem. Estão isentos do imposto veículos com mais de 20 anos de fabricação e taxistas, pessoas com deficiência, entidades sem fins lucrativos, veículos oficiais e ônibus/micro-ônibus urbanos.

 

Pagamento

 

Os motoristas poderão quitar o IPVA 2019 de uma vez em janeiro e receber desconto de 3%, ou parcelar o imposto em três vezes. Também é possível pagar o tributo no mês de fevereiro de maneira integral, sem o desconto de 3%.

 

A data dos pagamentos varia de acordo com o número final da placa do veículo. O início do recolhimento acontece no dia 9 de janeiros para automóveis de placa final 1 e seguem até o dia 22, prazo limite para os donos de veículos com placa final 0 realizarem os pagamentos.

 

Não tenho dinheiro para pagar o IPVA. Vou levar multa por isso?

 

Para efetuar o pagamento do IPVA 2019, basta ir a uma agência bancária credenciada, com o número do Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor) e desembolsar os valores no guichê de caixa, nos terminais de autoatendimento. É também possível realizar a transação pela internet, via débito agendado ou em outros canais oferecidos pela rede bancária.

 

Quem deixar de pagar o IPVA na data determinada ficará sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros atrelados à taxa Selic. Após 60 dias, o percentual da multa é de 20% do valor do imposto. Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: