Mutirão por emprego forma fila gigante no Vale do Anhangabaú, no Centro de São Paulo

Foto: TV Globo/Reprodução

 

Evento oferece mais de 6 mil vagas durante quatro dias na sede do Sindicato dos Comerciários. É preciso levar documentos e currículo. Segundo organizadores, fila tem 15 mil pessoas.

 

 

Uma multidão em busca de emprego forma uma enorme fila no Vale do Anhangabaú, no Centro de São Paulo, na manhã desta terça-feira (26). Os candidatos participam do Mutirão de Emprego, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo e pelo Sindicato dos Comerciários.

 

São oferecidas mais de 6 mil vagas de emprego para diversos segmentos, como telemarketing, operador de caixa, atendente e vendedor de loja.

 

Segundo o balanço da UGT, cerca de 15 mil pessoas estão na fila na manhã desta terça-feira (26).

 

Neste primeiro dia do mutirão, serão distribuídas as senhas para os quatro dias de evento. Apenas as pessoas que tiverem senha serão atendidas.

 

Quase 24 horas na fila

 

Algumas pessoas passaram a madrugada na fila. O cozinheiro Bruno, que é de Vitória (ES), chegou às 9h da manhã de segunda-feira (25) para garantir o primeiro lugar na fila. Ele foi chamado para o cadastro e disse que espera ser entrevistado para uma vaga de emprego.

 

“A entrevista foi tranquila, ficaram de retornar o contato para mim e estou na expectativa de sair empregado”, disse Bruno.

 

De acordo com a assessoria de imprensa da União Geral dos Trabalhadores (UGT), as primeiras 700 senhas já foram distribuídas e as pessoas serão atendidas no decorrer do dia até as 17h.

 

O evento acontece entre esta terça (26) e sexta-feira (29) na sede do Sindicato dos Comerciários, localizado na Rua Formosa, 99, das 8h às 17h.

 

Para se candidatar a uma vaga de emprego, é preciso levar RG, CPF, carteira de trabalho e currículo impresso.

 

Fila por senha para buscar emprego faz voltas no Vale do Anhangabaú — Foto: TV Globo/Reprodução

Fila por senha para buscar emprego faz voltas no Vale do Anhangabaú – Foto: TV Globo/Reprodução

 

Desemprego em SP

 

Segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego, realizada pela Fundação Seade e pelo Dieese, a taxa de desemprego total na Região Metropolitana de São Paulo se manteve relativamente estável, ao passar de 15,3%, em janeiro, para 15,5%, em fevereiro.

 

O número de desempregados foi estimado em 1,7 milhão de pessoas, pessoas, 12 mil a mais do que no mês anterior, de acordo com o levantamento. Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: