TV NEWS

Conheça o IGC: Ă­ndice do MEC mede qualidade da Educação Superior no Brasil

.

Por Redação em 15/05/2024 às 11:37:59
Cursos de Medicina e Odontologia da Faculdade São Leopoldo Mandic foram novamente avaliados com nota máxima

Crédito: Divulgação

Referência nas áreas de Medicina e Odontologia, a Faculdade São Leopoldo Mandic foi avaliada mais uma vez com nota máxima pelo IGC (Índice Geral de Cursos) do MEC, sendo considerada a melhor de Ensino Superior no Estado de São Paulo e a terceira melhor do Brasil na área da saúde entre as faculdades particulares.

Mas o que é o IGC e por que ele é tão importante na avaliação da qualidade da Educação Superior no Brasil? O Índice Geral de Cursos foi criado em 2004 pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) como uma forma de agregar os resultados das avaliações de cursos e instituições em uma única métrica.

Divulgado anualmente, o IGC leva em consideração diversos indicadores, como a performance dos estudantes no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), a titulação e regime de trabalho do corpo docente, a infraestrutura da instituição, entre outros fatores. A nota inclui a média ponderada dos Conceitos Preliminares de Curso (CPC) e os conceitos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), responsável por avaliar os programas de pós-graduação das instituições.

As instituições são classificadas em faixas que vão de 1 a 5. Aquelas com IGC entre 1 e 2 são consideradas insatisfatórias, enquanto as com notas entre 3 e 5 estão entre as satisfatórias, sendo 5 a pontuação mais alta.

Estar entre as instituições mais bem qualificadas garante um impacto positivo. Além do reconhecimento de qualidade por parte do Ministério da Educação e da comunidade acadêmica, ter um bom IGC é fator decisivo para atrair futuros alunos e está associada a práticas educacionais eficazes, proporcionando uma formação de alta qualidade capaz de preparar melhores profissionais no futuro.
Comunicar erro
SPJ JORNAL 2