TV NEWS

Suspeitos de sequestrar idoso de 87 anos em Londrina ajudaram na mudança da casa dele um ano atrĂĄs, diz delegado

Homem ficou quatro dias em um cativeiro e foi ameaçado de morte.

Por Redação em 16/05/2024 às 01:33:06
Foto: G1 - Globo

Foto: G1 - Globo

Homem ficou quatro dias em um cativeiro e foi ameaçado de morte. Suspeitos pediram R$ 1 milhão de resgate. Imagens mostram polícia resgatando idoso que foi sequestrado em Londrina

Os dois suspeitos de sequestrar um idoso de 87 anos em Londrina, no norte do Paraná, o conheciam e chegaram a ajudá-lo na mudança da casa, há cerca de um ano. A informação é do delegado Thiago Teixeira, que investiga o caso.

O sequestro aconteceu no último sábado (11). O idoso foi resgatado nesta terça-feira (14) do cativeiro onde foi mantido. Veja o vídeo do resgate acima.

? Siga o canal do g1 PR no WhatsApp

? Siga o canal do g1 PR no Telegram

De acordo com o delegado, o idoso morava na frente de uma estofaria onde os suspeitos trabalhavam. Ele foi ao local para negociar a venda de uma mesa, mas foi informado que o comprador estava em outro lugar.

Durante o trajeto até o novo endereço, ele foi sequestrado.

"Eles já conheciam a vítima, inclusive auxiliaram na mudança da casa dele. Por isso que a vítima foi até a estofaria para vender a mesa, confiando na relação que tinham", explicou Teixeira.

Leia também:

VÍDEO: Homem furta ambulância de pronto-socorro e usa veículo para invadir mercado em Mandaguaçu

Emprego: Concursos públicos no Paraná ofertam mais de 400 vagas; veja cargos disponíveis e salários

Susto: Carregador na tomada sem celular conectado explode e destrói quarto de casa em Cianorte

Momentos de tensão

O filho do idoso sequestrado diz que conversou pela última vez com o pai perto das 14h do sábado.

Às 16h, o carro da vítima foi encontrado abandonado em uma plantação de milho da zona norte de Londrina.

Às 19h, os sequestradores entraram em contato e pediram R$ 1 milhão para libertar o idoso.

Familiares dele acionaram a Polícia Civil, que pediu apoio do Grupo Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), especializado em resgate de vítimas de sequestro.

Ameaças de morte

O delegado Thiago Teixeira detalhou que os policiais resolveram ir até o cativeiro e resgatar o idoso em um dos momentos mais delicados da negociação.

"Os sequestradores aumentaram o tom das ameaças, dizendo que iriam matar a vítima se a família não pagasse o valor imediatamente. Soubemos que eles não estavam no cativeiro e resolvemos resgatar o idoso."

Os suspeitos fugiram. Eles devem responder pelo crime de extorsão mediante sequestro.

Mais assistidos do g1 PR

Leia mais em g1 Norte e Noroeste.
Comunicar erro
SPJ JORNAL 2