TV NEWS

Justiça manda prender suspeito de espancar namorada por ciĂșmes no Vidigal

.

Por Redação em 10/06/2024 às 19:32:00
Mandado de prisão temporária foi expedido na última quinta-feira (6). Jovem é agredida pelo namorado no Vidigal

A Justiça do Rio mandou prender Lucas Lima Queiroz do Nascimento, que é suspeito de espancar a namorada por conta de ciúmes na comunidade do Vidigal, na Zona Sul do Rio. O mandado de prisão temporária foi expedido na última quinta-feira (6).

O homem, que tem 28 anos, teria começado uma briga por conta de desconfiança, segundo Allana Andrade Augusto de Oliveira, que tem 19 anos. Até esta segunda-feira (10), ele ainda não tinha sido preso.

Allana, que mora na Cruzada São Sebastião, no Leblon, conta que havia ido almoçar na casa de uma tia e que o suspeito a encurralou em uma rua deserta e começou a espancá-la, no dia 2 de junho.

Muito machucada, a mulher precisou ser socorrida por pessoas da comunidade. Ela foi levada para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, onde recebeu atendimento médico e foi internada. Mas, ela já recebeu alta médica.

Por conta do espancamento, Allana teve vários ferimentos e hematomas, principalmente, na cabeça e no rosto. As pernas também ficam machucadas.

Allana Andrade Augusto de Oliveira

Reprodução

O caso foi registrado na 14ÂȘ DP (Leblon). Em nota, a Polícia Civil disse que o caso será investigado pela 15ÂȘ DP (Gávea). De acordo com o comunicado, no momento do registro, os agentes solicitaram à Justiça medidas protetivas para Allana.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Lucas Lima.

'Dei uns tapas', teria dito suspeito

Os pais mulher contam que o casal tinha um relacionamento conturbado, que já durava 7 anos, entre idas e vindas. Eles contam que, não foi a primeira vez que Allana foi agredida por Lucas, que seria ciumento e controlador.

"Ele premeditou para poder fazer tudo que ele podia fazer no matagal e deixar o corpo dela lá. Ele conseguiu fugir. Não é a primeira vez que o Lucas agrediu ela. Eu quero justiça, eu quero que o Lucas seja achado em qualquer lugar e que ele pague por cada centavo, por cada sofrimento que eu estou tendo com a minha filha. Meu coração tá literalmente acabado", desabafa Nathalia Andrade, mãe da mulher.

Após as agressões, o homem, que mora perto da vítima, desapareceu. Ele não voltou mais para casa.

A avó da vítima conseguiu falar com o suspeito por telefone. Na ligação ele chega a confessar que "deu uns tapas" na namorada e destaca que não iria admitir que ela ficasse com ele e com outras pessoas, em uma tentativa de justificar a atitude dele, segundo a família.

Allana Andrade após ser agredida

Reprodução
Comunicar erro
SPJ JORNAL 2