TV NEWS

Com previsão para terminar em 2025, obras do BRT de CuiabĂĄ estão atrasadas

.

Por Redação em 10/06/2024 às 22:05:06
Obras começaram em janeiro deste ano. Anteprojeto do BRT em Cuiabá e Várzea Grande

Divulgação

As obras para implantação do Ônibus de Transporte Rápido (BRT), em Cuiabá e Várzea Grande, começaram em janeiro deste ano e, segundo o cronograma do projeto, têm o prazo de entrega para 2025. No entanto, a execução da obra está apresentando atrasos.

Em nota, a Secretária de Estado de Infraestrutura (Sinfra) informou que já notificou a empresa responsável pela obra para remanejar o cronograma, para que não prejudique os prazos de entrega e qualidade do projeto.

? Clique aqui para seguir o canal do g1 MT no WhatsApp

Até o momento, a concretagem do trecho que passa em Várzea Grande ainda não foi finalizada. Na capital, a obra começou nove meses após a data prevista, por falta de autorização do município.

Trajeto BRT

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra), serão implantados dois corredores do BRT. No primeiro, o ônibus sairá do Terminal André Maggi em Várzea Grande, percorrendo as Avenidas Filinto Muller, João Ponce de Arruda, Avenida da FEB, Tenente-Coronel Duarte e Historiador Rubens de Mendonça, até o Terminal do Coxipó.

Já no segundo corredor, o BRT sairá do Terminal do Coxipó e percorrerá as Avenidas Fernando Corrêa e Coronel Escolástico, até o Centro de Cuiabá.

O corredor entre Várzea Grande e o CPA contará com três linhas:

Uma linha que para em todas as estações do trajeto, seja na ida ou na volta

Uma linha expressa, que sai do Terminal André Maggi e para somente no Porto de Cuiabá

Outra linha expressa que sai do Terminal do CPA até o Centro de Cuiabá, parando apenas no Shopping Pantanal

Já o corredor entre Coxipó e Centro de Cuiabá terá duas linhas:

Uma linha que para em todas as estações do caminho.

Uma linha expressa, que para apenas na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

Ao chegarem no Centro da capital, as linhas expressas dos dois corredores sobem a Avenida Getúlio Vargas, fazem o contorno na praça do Chopão e descem a Avenida Isaac Póvoas, antes de retornarem para sua origem.

De acordo com o projeto, a Avenida da Feb continuará com duas pistas em cada sentido após o fim dos trabalhos.

As obras de implantação do BRT começaram no dia 21 de abril. Conforme o cronograma da Sinfra, a previsão é que o projeto em Várzea Grande seja finalizado no fim do primeiro semestre de 2024. Ainda não se sabe sobre as datas do início das obras em Cuiabá e quando o modal começará a funcionar.

VLT x BRT

O VLT foi projetado para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil e foi marcado pela corrupção e entraves judiciais. A obra paralisada possui 22 quilômetros de extensão entre Cuiabá e Várzea Grande.

Em dezembro de 2014, as obras foram interrompidas. Em 2018, o governo do estado rompeu o contrato com o consórcio VLT e, depois, decidiu substituir o modal pelo BRT. Já em dezembro do ano passado, o governo começou a retirar as estruturas que serviriam de suporte para o VLT em Várzea Grande.

As obras do projeto, que deveria ter ficado pronto há dez anos, já custou mais de R$ 1 bilhão.

? Clique aqui para seguir o canal do g1 MT no WhatsApp
Comunicar erro
SPJ JORNAL 2