TV NEWS

PalĂĄcio em Campos do Jordão faz exposição com obras de Tarsila do Amaral; veja quais são

.

Por Redação em 11/07/2024 às 05:11:56
Exposição no Palácio Boa Vista celebra o centenário da obra Autorretrato I. Campos do Jordão recebe exposição para celebrar 100 anos de obra de Tarsila do Amaral

Mônica Andrade/Governo do Estado de SP

O Palácio Boa Vista, em Campos do Jordão, recebe uma exposição com obras de Tarsila do Amaral, famosa pintora do Movimento Modernista. A mostra é gratuita reúne 11 quadros e segue em cartaz até 15 de outubro.

A exposição celebra os 100 anos da obra Autorretrato I e faz parte da celebração de 60 anos do Palácio Boa Vista, que foi construído para ser a residência de inverno oficial do governador do estado em 1964.

?Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp

Campos do Jordão recebe exposição para celebrar 100 anos de obra de Tarsila do Amaral

Mônica Andrade/Governo do Estado de SP

A mostra traz 11 obras da pintora e retratam diferentes fases da artista. Além delas, a exposição ainda conta com um material digital interativo onde o visitante pode conhecer mais sobre a obra Autorretrato I e como ela impactou a arte, além da circulação contemporânea em objetos, livros e releituras artísticas.

Veja todas as obras da exposição abaixo:

Retrato de Mário de Andrade - 1922

Estudo de Procissão (painel) I - 1954

Estudo de Nu (perfil) - 1921

Estudo de Nu (em pé com a mão aberta) - 1921

Estudo de Nu (sentado) - 1921

Autorretrato I - 1924

Retrato de Fernanda de Castro - 1922

A Samaritana - 1911

Santa Irapitinga do Segredo - 1941

Paisagem antropofágica - 1964

Almoço na fazenda - 1960

A exposição "Centenário Autorretrato I de Tarsila do Amaral" celebra a obra que se tornou uma marca da artista.

Na obra, Tarsila se retrata com os cabelos presos, dando destaque para o formato oval de seu rosto, grandes brincos nas orelhas, lábios vermelhos e sobrancelhas bem desenhados à moda da época.

Tarsila se retrata com os cabelos presos, dando destaque para o formato oval de seu rosto, grandes brincos nas orelhas, lábios vermelhos e sobrancelhas bem desenhados à moda da época. Seu rosto surge flutuante em um fundo branco, quase como uma aparição, liga-se visualmente a fotografias, o que indica a permeabilidade de sua produção em diferentes suportes. Esse autorretrato se tornou com o tempo um emblema da própria artista, uma referência atemporal de si própria.

Divulgação/Acervo dos Palácios

60 anos do Palácio Boa Vista

Durante o mês de julho, o Palácio Boa Vista vai celebrar os 60 anos desde sua inauguração em 1964. Além da exposição sobre Tarsila do Amaral , o palácio também recebe uma exposição temporária de arte contemporânea, a mostra "Olhar a Terra, Ver o Céu".

A exposição também inaugura uma nova sala do palácio dedicada à exposições temporárias de artistas contemporâneos. Na celebração de 60 anos do Palácio, a exposição conta com 41 paisagens em pequeno formato feitas por quatro artistas contemporâneos.

Além das exposições, o Palácio Boa Vista também recebe atividades educativas e culturais gratuitas nos finais de semana. O palácio funciona de quarta-feira a domingo, das 10h às 12h e das 14h às 17h, com permanência até às 17h30.

Criado para ser a residência de inverno oficial do governador, o Palácio Boa Vista foi declarado "Monumento Público do Estado de São Paulo" em 1970 e se tornou museu aberto à visitação pública.

Campos do Jordão recebe exposição para celebrar 100 anos de obra de Tarsila do Amaral

Luiz Fernando B. Silva/Divulgação

Veja mais sobre o Vale do Paraíba e região
Comunicar erro
SPJ JORNAL 2