Juiz antecipa julgamento do caso Valério Luiz por causa da Copa do Mundo

Por Nardel Azuoz em 25/06/2022 às 15:50:51
Antes marcada para 5 de dezembro de 2022, sessão passou para 7 de novembro do mesmo ano. Algumas testemunhas trabalham com jornalismo esportivo e devem acompanhar jogos no Catar. Acusados de matar o radialista Valério Luiz, em Goiânia

Reprodução/TV Anhanguera

O júri popular que deve julgar cinco réus pela morte do radialista esportivo Valério Luiz foi antecipado pelo juiz Lourival Machado, em documento assinado na sexta-feira (24), em Goiânia. A sessão estava agendada para 5 de dezembro de 2022, mas foi remarcada para 7 de novembro do mesmo ano, por causa da Copa do Mundo.

Segundo o magistrado, a mudança na data foi feita "com o propósito de que não seja mais uma vez frustrada a sessão de julgamento" - já que o júri foi remarcado outra vezes.

Machado explicou que algumas testemunhas do caso trabalham com jornalismo esportivo e, por isso, podem ter que acompanhar presencialmente eventos da competição, que acontecerá no entre 21 de novembro a 18 de dezembro.

Lourival determinou que o júri seja realizado às 8h30 no auditório do Plenário do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, em Goiânia. O juiz também determinou que Ministério Público e as defesas dos réus sejam notificados da alteração na data da sessção.

LEIA TAMBÉM

Caso Valério Luiz: entenda por que o júri foi dissolvido e remarcado

Após jurado passar mal, júri dos acusados de matar Valério Luiz é adiado pela 4ª vez

Quem são os acusados de matar o radialista Valério Luiz, em Goiânia

Valério Luiz de Oliveira foi morto aos 49 anos, em Goiânia

Reprodução/ TV Anhanguera
Comunicar erro

Comentários