Dupla é presa por furto qualificado ao ser flagrada com peças automotivas no pátio de apreensão de veículos de Presidente Prudente

Por Redação em 25/10/2021 às 08:53:34

Envolvidos – que são enteado e padrasto – confessaram o crime à polícia, alegando materiais seriam vendidos e também usados numa reforma de carro. Peças automotivas retiradas de veículos foram apreendidas com a dupla

Polícia Civil

Dois homens, de 39 e 24 anos, foram presos por furto qualificado após a Polícia Militar Rodoviária os flagrar no pátio de apreensão de veículos de Presidente Prudente (SP), na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), na madrugada desta segunda-feira (25). Peças automotivas foram apreendidas com a dupla.

Ao passar em frente ao Pátio onde veículos apreendidos no município ficam depositados, a Polícia Rodoviária viu dois homens em atitude suspeita. A dupla estava dentro do pátio e ocupava um veículo com placas de Álvares Machado, segundo o boletim de ocorrência.

Como há casos de furtos de peças dos veículos depositados no local, os militares resolveram abordar a dupla.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, durante a vistoria, os policiais encontraram no porta-malas do veículo da dupla dois catalisadores e um radiador.

Peças automotivas retiradas de veículos foram apreendidas com a dupla

Polícia Rodoviária

Questionados, os homens disseram que “estavam olhando alguns bois”. Contudo, depois confessaram o furto de algumas peças para vendê-las e para uso num veículo reformado.

O vigia do local foi acionado e confirmou que constantemente há furtos, mas que não tinha condições de identificar, naquele momento, de quais veículos eram as peças retiradas.

A dupla recebeu voz de prisão e a conduziu à Delegacia Participativa da Polícia Civil.

Na unidade, os envolvidos – que são enteado e padrasto – mantiveram a versão dada aos militares e confessaram o delito. A prisão foi ratificada e ambos permaneceram à disposição da Justiça.

VÍDEO: Tudo sobre a região de Presidente Prudente

Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.
Comunicar erro

Comentários