Pai mata filhos de 6 e 9 anos com tiros na cabeça e depois tenta suicídio em SP, diz polícia

Foto: Reprodução/Google Maps

 

Homem de 48 anos foi internado em estado grave após balear crianças na segunda-feira (4) em casa na Zona Leste, informa boletim de ocorrência. Motivo do crime será apurado.

 

 

Um homem de 48 anos matou os dois filhos, de 6 e 9 anos, com tiros na cabeça, na noite de segunda-feira (4), na casa onde morava, em Sapopemba, na Zona Leste de São Paulo. Em seguida, ele tentou se matar atirando também contra a própria cabeça. As informações são da assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

 

De acordo com a pasta, o pai das crianças, Mario Eduardo Paulino, foi socorrido e levado ferido a um hospital em São Mateus. Até esta terça-feira (5), seu estado de saúde era considerado grave. Caso receba alta médica, ele deverá ser preso.

 

As circunstâncias e eventuais responsabilidades pelo crime são investigadas pela Polícia Civil. O caso foi registrado no 69º Distrito Policial (DP), Teotônio Vilela, como duplo homicídio seguido de suicídio.

 

Mario é acusado de balear o filho mais velho, Lucas Silva Paulino, e a caçula, Mariah Eduarda Silva Paulino. As vítimas também haviam sido baleadas na cabeça, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

 

O crime

 

A Polícia Militar (PM) foi acionada por volta das 20h30 para atender a ocorrência numa residência, na Rua Manoel França dos Santos, no Jardim Sapopemba.

 

O sobrinho de Mário, que morava com o tio na mesma casa, contou à polícia que viu as crianças pela última vez antes de sair para trabalhar. Quando voltou do serviço, o rapaz falou que o portão do imóvel estava com um cadeado diferente, que o obrigou a pular o muro da vizinha para entrar na residência.

 

Dentro da casa, ele falou que encontrou Lucas e Mariah mortos com ferimentos na cabeça. Cada um estava num quarto. Em seguida viu Manoel no sofá, com machucado também na cabeça e uma arma na mão, um revólver calibre 32.

 

Motivo

 

O motivo do crime ainda é desconhecido e está sendo apurado. A polícia sabe que os filhos de Mario moravam com a mãe, de quem o homem estaria se separando. Uma das hipóteses é de que o crime estivesse relacionado ao fim do casamento dos pais das crianças e a guarda dos filhos. Fonte: G1

 

Continua depois da publicidade

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: