Risco de Brexit sem acordo “controlado” está crescendo, diz ministro britânico

Foto: Reprodução/SPJ

 

O risco de um Brexit sem acordo “controlado” está crescendo uma vez que a primeira-ministra Theresa May não deve voltar com resultados suficientes de conversas com a União Europeia para satisfazer rebeldes eurocéticos de seu próprio partido, disse um ministro britânico à Reuters.

 

Com o Parlamento britânico em um impasse, o futuro do Brexit foi colocado em dúvida com possíveis desfechos que variam de uma saída desordenada sem acordo a outro referendo sobre a associação à União Europeia.

 

Em um sinal de quão imprevisível o Brexit se tornou, o ministro, que falou sob condição de anonimato, disse que a possibilidade de um segundo referendo também está crescendo.

 

O ministro acrescentou que não há consenso sobre qualquer alternativa ao acordo de May, que busca manter laços comerciais próximos com o bloco após a saída.

 

A opção de um “não-acordo controlado” está crescendo, disse o ministro, acrescentando: “Não estamos prontos para um não acordo, o público não está pronto para um não-acordo”.

 

“Não há um plano B, pelo menos não um que vá receber o apoio da Câmara (dos Comuns)”, disse o ministro. “O que a May pode trazer de volta da UE não irá satisfazer àqueles que precisam ser satisfeitos”.

 

May tem alertado repetidamente que se o seu acordo for rejeitado, a quinta maior economia do mundo poderá ter que sair do bloco sem um acordo – o que seria um pesadelo para grandes negócios – ou que o Brexit possa ser frustrado como um todo. Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: