Sinpol-DF vai à Justiça para garantir recesso a policiais plantonistas

Foto: Reprodução/SPJ

 

O Sindicato dos Policiais do Distrito Federal (Sinpol-DF) vai ingressar na Justiça contra a decisão da direção da Polícia Civil do DF (PCDF) de negar o pedido para estender o recesso natalino e de Ano-Novo aos policiais civis que trabalham em regime de plantão. A negativa ocorreu depois que a entidade solicitou, via requerimento, o benefício aos plantonistas, segmento que representa cerca da metade dos servidores em atividade.

 

Como justificativa, a direção-geral da PCDF alegou falta de tempo “para planejamento e implementação, bem como o déficit de policiais, as restrições médicas, outras licenças e férias”. Para o Sinpol, a justificativa é insuficiente e sem argumentos plausíveis, já que prejudica um alto número de policiais.

 

A falta de efetivo, as licenças médicas e férias acontecem em toda a polícia, não somente nos plantões. Para nós, se houvesse boa vontade e planejamento, os plantonistas seriam contemplados”
Trecho de comunicado do Sinpol-DF ao Metrópoles

 

Segundo o Sinpol-DF, em 2018 foram mais de 375 mil registros de ocorrências e atendimentos às vítimas; milhares de flagrantes, prisões de adultos e apreensões de menores infratores; centenas de milhares de diligências e investigações preliminares realizados apenas nos plantões.

 

“Os plantonistas da PCDF já executam uma carga horária extenuante, inclusive nos finais de semana e à noite. Perdem, ao longo do ano, todo o dia de comemoração de feriados ao lado de suas famílias”, completa o texto da entidade. Fonte: Metrópoles

 

Veja o ofício da PCDF:

Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: