Woodstock 50 vai acontecer após saída de investidores, diz organização do festival

Jimi Hendrix se apresenta no Festival de Woodstock, em 1969 – Foto: Divulgação

Principais patrocinadores do evento disseram que shows seriam cancelados.

 

 

A realização de um evento de três dias para marcar o 50º aniversário do festival de música de Woodstock foi posto em dúvida na segunda-feira, quando os principais investidores disseram ter cancelado o show, mas os organizadores afirmaram que irão em frente.

O Woodstock 50 está planejado para acontecer entre 16 e 18 de agosto na pista de corrida de Watkins Glen, no norte do Estado norte-americano de Nova York, e deve incluir artistas como o rapper Jay-Z, a cantora Miley Cyrus e os roqueiros do The Killers.

“O resumo da história é que haverá um Festival do 50º Aniversário de Woodstock, como deve haver, e será sensacional”, disse o Woodstock 50 em um comunicado.

Ele vem sendo promovido como uma versão moderna do festival de Woodstock de 1969, que foi divulgado como “três dias de paz e música” e é visto como um momento divisor de águas da história da música.

Na manhã de segunda-feira, os principais investidores tinham dito que “decidiram cancelar o evento”. A Dentsu Aegis Network, uma unidade da empresa japonesa Dentsu, informou que desistiu por sentir que o festival não pode ser produzido “garantindo a saúde e a segurança dos artistas, parceiros e espectadores”.

A Dentsu tem uma cláusula contratual que lhe dá a opção de cancelar o festival, disse uma representante dos investidores. O Woodstock 50 anunciou que procurará novos investidores. Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: